segunda-feira, 14 de setembro de 2009

Nem Só de Pão Vive o Homem


(clique para ampliar)

Fiquei impressionado com a quantidade de comentários no último post! Fico feliz que o VerdeTiras, agradando ou não, está gerando discussões. Bom, como não participo diretamente delas, gostaria de aproveitar o momento para esclarecer algumas coisas. A Vida e o Vizi (vaca e cara de preto) não se gostam desde o dia em que se conheceram, não existe essa história de bem e mal. Sabe, é algo como a relação entre o Garfield e o Oddie, ou entre a Susanita e o Manolito (Mafalda). Eu sou ovo-lacto vegetariano, a Vida também me odiaria por não ser vegetariano e ela tem motivos pra agir assim, mas não é por isso que me considero um cara do mal. A Vida é um reflexo dos vegetarianos extremamente radicais e eu sou contra o radicalismo. Apenas quis botar um pouco de humor nesse lance; sei que meu humor não é dos melhores, mas também sei que tem muita gente sem senso de humor por aí. Já que acima citei algumas obras, aproveito o momento para dizer que EU NÃO COMPARO A MINHA OBRA COM AS DO ANGELI, SCHULTZ OU QUINO! Acho isso até engraçado. Os caras são mestres, os trabalhos deles são de extrema competência e profissionalismo. São, por muitos, considerados gênios! Estou longe disso, conheço o meu lugar. Sou fã de suas obras e elas – entre outras coisas - me motivam a produção dos quadrinhos, mas óbvio que ainda não estou nem perto do nível dos caras. Faço quadrinhos a menos de um ano e isso me diverte, acredito que com treino e insistência a evolução se torna inevitável. Agradeço a todos que criticaram – e criticam – construtivamente as tiras. Aos que odeiam e não sabem nem ao menos como fazer uma crítica decente, sugiro que simplesmente não acessem mais o blog e problema resolvido. Ninguém tem a obrigação de gostar do conteúdo aqui exposto. Obrigado pela antenção!


75 comentários:

Beliza disse...

clap clap clap! hahaha.. sábias palavras! Espero que entendam melhor a simples idéia de ler as tirinhas e apreciar, sem ficar tentando achar significados ocultos.

Wellington disse...

Anônimo disse...

Poxa, você tem tempo pra perder né? Não gostou não entra mais guri! Uma crítica construtiva é sempre bom, mas meu deus.. Tirou o verdetiras pra cristo? Teve a capacidade de gastar tanto tempo com esse blog sendo que é tão ruim como vc fala?! Tchau

Entendido Verde Tiras

... disse...

Jesus não era vegetariano?
Oh Deus..., que mundo cruel (senso de humor, ta-da!!!!!!!).

Anônimo disse...

In VerdeTiras we trust!!!

silence comme réponse. disse...

é.. se ele fosse vegetariano aí que a coisa ia pegar pro lado dele mesmo. afinal, vegetarianos são sempre alvo de críticas mais duras, são incompreendidos! Poxa Pasta, tu tentou ajudar o vizi mas não conseguiu, viu! poxa, parece auto-ajuda barato esse lance de 'nem jesus agradou a todos', filosofia de vovó. haha. eu se o vizi fosse lançaria logo um álbum com todas as músicas e fodam-se as críticas! Vizi, se até o NXzero faz sucesso, cara, tem público pra você tbem! \o/

... disse...

A um tempo deixei de comer carne..., o fiz por conta de achar zuado o modo como a industrias de alimento produzem seus produtos. Acho que os problemas estão muito aquém de um problema de comer seres vivos em meio a tanta hipocrisia de massacre ao semelhante.
Nunca serei contra quem come carne, mesmo porque é algo puramente coerente com a cultura do homem, e creio que não há muito sentido em várias militâncias sociais e políticas, porque são mais discurso vazio que não se encaixa com a realidade. Pra mim é tão agressivo consumir televisores, automóveis, legitimar certas ordens tidas como democráticas, estereótipos sobre estratificação social, etc.
Foi falado a pouco de monstros das HQ´s, e o legal de todos eles essa descrença, tal qual vemos em contemporâneos de peso com André Dhamer dos MALVADOS, sempre com uma arma carregada na polidez babaca da ordem do politicamente correto, do censo de justiça hipócrita, do pensamento burguês que idiotiza tudo por um senso banal de abraçar arvores, criar ícones pastiche de lutas por um mundo melhor, mas que só geram mais conformismo.
Isso, devemos nos mobilizar como indivíduos consumidores, não somos uma sociedade, somos pequenas Américas cheia de bons pensamentos e más ações.

... disse...

e não há significados ocultos..., é só ler e pensar!

Anônimo disse...

Venha Hofi! Junte-se ao grupo! Faça parte você também do clube dos malvados insensatos!

Anônimo disse...

É isso ai VerdeTiras! Vamos melhorar!
Acreditamos em você... e com a fé você chega lá!
Vai salvar o mundo dos onívoros assim como a Colgate salvará o mundo das cáries!!!

VerdeTiras disse...

Wellington: aquele comentário não é meu :B

silence comme réponse. disse...

exato! creio que a garota nunca tenha ouvido falar em semiótica!
concordo plenamente, hoje em dia o que mais existe é militância vazia e inerte. interessantíssima a colocação de nosso amigo: e o que deixam de consumir além de carne? a contribuição para questões, a meu ver, muito mais relevantes (cada um com suas prioridades)ficam abertas... parece simplesmente modinha... sem nexo e sem sentido. enfim..

hofi disse...

bom, como creio que isto aqui não seja uma sala de bate-papo, gostaria que a pessoa que citou meu nome deixe de ser maricas e venha falar diretamente comigo ou para mim, afinal este não é o lugar. E se me acha insensato, bom, meu caro, acho que tu não me conhece. Enfim, gostei do post, serjão! Minha opinião é que não existe essa coisa de "bem e mal". O caso é: entre se quiser, mas não comente se não for pra ser construtivo. Goste se quiser, ache engraçado se quiser, o divertimento em fazer isso tudo tá em ti, o que eu acho o principal.. Claro, como tu tá direcionando pra outras pessoas, é inevitável o comentário alheio, mas coisa sem fundamento? Aí não vale nada! ;))

... disse...

Podes crer!

Iacami Enapupê disse...

pra mim o problema maior não é a carne, é o lucro de alguém que tu tá comendo.. acho que a intenção por trás das coisas é o que importa!
se tu tá comendo uma carne duma industria gigante mercenária que visa o lucro antes de QUALQUER outra coisa, tu estás comendo o lucro (que deve dar uma indigestão fudida).
isso vale também pra qualquer gororoba vinda de 'animais' ou não!
acho que uma planta cultivada com o carinho da vovó, colhida com carinho, feita com carinho e principalmente também comida com carinho é algo válido, poderia ter citado um porco ao invez de uma planta. a intenção é o que importa, indepedente do resto! eu acho lindo ver um leão devorar uma presa (apesar de só ter visto em vídeo, deve ser algo mágico de se ver ao-vivo)
observemos então que tipo de intenções estamos ""alimentando"" ou não! tu é o que tu come (ou consome)
bejundas

Anônimo disse...

se alguém precisar, não esqueçam que o "cthulhu" trabalha pacientemente num escritório de advocacia.

marlon

Eder disse...

A Hofi está estressada ultimamente, não?
Tá tudo bem muieh?

John Ferdinand disse...

Meldelz!

10 anos de aBREU disse...

existem críticas e críticas, e também existe gente chata, Sérgio tem gente chata entrando no teu blog heim. Vamos fazer a galera se comer aí, meninas... olha eu aqui!

Samory Santos disse...

Bem, eu sou vegan abolicionista (não sei se encaixaria no rótulo de "extremamente radical", mas é uma adjetivação comum) e gosto de sua obra. Espero que cresça cada vez mais artisticamente. :)

silence comme réponse. disse...

é verdade hein... tem muita gente chata por aqui mesmo! posso ler várias, chico! rs
agora, gente, que história é essa de carinho no consumo... parece uma noção bem primária dessa problemática do consumo, hein. a questão principal [que eu acredito que o chico não tá incluído] é que todo esse ódio contra os onívoros traz camadas e mais camadas de algo muito vazio que é a 'imagem' superficial do vegetarianismo. sabe essas modinhas que surgem por aí, noticias vazias que rendem reportagens toscas no jornal da globo? então! Baudrillard fala bastante do consumo do superficial, da imagem primária que é devorada e logo buscamos outra pra dar sentido ao nosso próprio vazio.
não sou contra vegetarianos, sou bem simpático a causa. agora, poxa, rejeitar meu 'tempo perdido' aqui pra ler o chico é bem cruel para quem é tão simpático a ele desde o início. existem diversas maneiras de se demonstrar. não se pode dizer que só quando passa a 'mão na cabeça' é que se gosta de algo ou alguém. poxa, além de gente chata, tem gente bem radical por aqui tbem. se cuida chico!

Iacami Enapupê disse...

E quem se atreve a me dizer do que é feito o samba? Quem se atreve a me dizer?

... disse...

é esse samba que me encanta!

Anônimo disse...

o serjo é fóda

Louan disse...

A melhor tirinha já postada aqui!

Luis Shuwas disse...

KKKKK, como o ser humano é domesticado... e suas opniões são apenas as coias que a cabeça dele aprende.

Jesus, o cristianismo, no inicio mesmo, era vegetariano. é só procurar se informar. Na revista vegetarianos saiu uma materia sobre isso, a duas edições passadas.

As tirinhas são ótimas, parabéns ..

Abraços a todos

... disse...

Oh..., Jesus era vegetariano..., Gloria Jezuis Cristinho.
A carne não é fraca...

... disse...

Essa é uma das melhores..., sucesso!

silence comme réponse. disse...

muito cuidado com as fontes de pesquisa, galera. bibliografia utilizada e etc. é sempre importante se apoiar sobre uma boa base! pra mim já teve tirinhas melhores... eu prefiro por exemplo aquela em que o chico metralha as velhinhas na fila do caixa! hahahahaha. me identifiquei com aquela, é ótima!

Anônimo disse...

O Chico... matou... velhinhas??? Mas... mas... ele não é vegetariano??? Vegetarianos não são pacíficos??? Mas... mas... o Chico não é pacifista???
Meu mundo caiu... pelo menos graças a fontes seguras descobri que Jesus era Vegan! Yeah! Um chute na bunda de todos que xingam ai os vegetarianos hein!!! Parabéns para quem nos deu essa prodigiosa informação!

Anônimo disse...

Mateus 20:30 - " E Jesus era vegetariano."

Lucas 50:33 - "E Ele disse: não comerás carne."

JOnas 87:45 - " Jesus disse: Me passa um pouco de brócolis Pedro."

... disse...

Jesus amaldiçoa onivoros, sai onivoro..., em nome du senhor, sai desejo carne, sai derivado de animal, sai encorto canivoro.
Saramalai, saralmalei...

Anônimo disse...

Anônimo disse...

Poxa, você tem tempo pra perder né? Não gostou não entra mais guri! Uma crítica construtiva é sempre bom, mas meu deus.. Tirou o verdetiras pra cristo? Teve a capacidade de gastar tanto tempo com esse blog sendo que é tão ruim como vc fala?! Tchau

Beliza disse...

ah pois é..
E não basta criticar as tiras né
Tem que criticar as críticas dos outros também!

... disse...

Bem dito!

Anônimo disse...

É isso mesmo!
Bando de gente chata que fica entrando aqui meu! Pô... o troço aqui é mó bacana... ensina e faz crescer... ai vem esse povo nada a ver e fica falando isso meu!
Vamos crescer meu! Fazer críticas construtivas que só elogiem! Pra que ficar falando coisas que o autor já sabe meu?

Anônimo disse...

Acredito que o “autor”deveria receber todas as críticas, os elogios com muita atenção.
Lendo os comentários, percebi ao longo deles uma pequena disputa de “egos” (talvez?) ou quem sabe uns querendo defender o belo talento do autor e, outros tentando dizer que o autor possui talento, que suas criações possuem expressões fortes. Que seria legal vê- las discutindo outros assuntos.
Acredito que este espaço não seja apenas para “bajulações” , com certeza não faz ninguém “crescer”. Lógico que é bom ouvir elogios.
Assim como vi muitas tirinhas que com certeza valem a pena ler sempre, também vi e li umas tirinhas que não são tão boas.
E, isso é com tantas outras coisas do nosso dia. Mas, sempre levamos algo. E peneiramos o queremos levar.
O que deveria importar aqui é que os comentários são direcionados ao autor e, deveria ele saber dizer para si mesmo: “opa! Alguém quer me dizer alguma coisa. Acho que deveria melhorar algo; acho que devo permanecer nesse caminho; acho que devo continuar a olhar o horizonte como estou a olhar...”
O que gostaria de deixar aqui com meu comentário é que não deveríamos entrar aqui e deixar “palavras inúteis”, não deveríamos estar aqui e deixar “palavras que não traçam nenhum sentimento ao autor”, nem, tampouco estar aqui para dizer às pessoas que fazem críticas que elas saiam e, nunca mais venham.
Acredito ser isso um engano.
Se o autor não quer mudar, não quer traçar novas formas, acredito ser algo particularmente dele. Quem sabe, somos nós que devemos “não” mudar, mas, aceitar e, tira ao máximo deste novo conhecer.
Eu só queria ler as tiras sem ter que estar num lugar onde encontro uma disputa de “egos”.
Peço desculpas se estou sendo inoportuna.
Mas, acredito que “verdetiras” deve seguir seus sentimentos, suas vontades..., com certeza todos os comentários aqui deixados um dia serão motivo de orgulho, pois trouxe algo de bom ao “autor” e, ele assim evoluiu.
Nós somos meros espectadores e, deveríamos neste momento compreender. Ler as tiras, fazer críticas “construtivas”, não esperando que no dia seguinte tudo esteja como queremos. Não somos o autor, ele é quem diz as suas criaturas o que elas irão nós dizer.
E, a nós, vamos ler as tiras. Fazer nossas criticas, ou nossos sinceros elogios e, querer assim mudar um pouco. Ou quem sabe evoluir um pouco.
Precisamos de coisas novas, de sorrisos, alegrias...
Não de disputas infundadas.
Vamos ser crianças mas, do melhor jeito.
O autor disse que fazer as “tiras” o diverte, faz bem a ele. Então com certeza elas devem nós fazer “bem”, “pensar”, “imaginar”.... algo em nós sempre está a mudar!!!
Sucesso ao Autor as suas inusitadas criaturas!
Espero muitas tiras.... que elas venham....
“Grande Astro! Que seria da tua felicidade se te faltassem aqueles a quem iluminas?” Nietzsche
Ellen

... disse...

Nossa, alguém que entrou no assunto, depois de um cara querendo falar de liberdade de artista, sem saber nada de nada sobre oq falava, e o autor achando e muitos de seus seguidores amigos achando que estavamos querendo achincalhar o barraco, mas só instigar a tirinha, que confesso me parecer muito ruim (mesmo), mas postei alguns cometáirios a ver como regia, mesmo porque seus leitores, são muito passivos, e pra minha surpresa melhorou como escrevi e meus amigos que escreveram concordaram..., não concordo e as críticas postadas são fundamentadas, quem retrucou que não soube argumentar, pois as idéias tem de voltar a ser perigosas amigos..., mas enfim, sacanagens a parte, estamos por ai, até cansar e ler outra coisa...

... disse...

UHU, verde tiras arrebenta!

... disse...

O anônimo..., quem é vc?

Anônimo disse...

"Ó.. me desconserta tamanha nobreza."
Finalmente um comentário sensato!
O que queremos dizer ao autor é isso... Melhore! Sempre!
E se vier com discursinho vazio a gente desce a sola!

Anônimo disse...

E temos um novo recorde!!!

Anônimo disse...

"..."
Realmente não estou te entendendo ... . Ninguém falou que não é para criticar, mas é consenso que é inútil, tempo perdido e babaquice entrar aqui só para falar asneiras.

Criticas do tipo "esse blog é muito ruim" todas as oportunidades, não é construtivo, não é criativo e não faz sentido algum.

Desmoralizar o autor em um hobby pessoal toda santa semana, é sinônimo de falta de caráter e não ter mais o que fazer.

No começo, eu via críticas do tipo: "Muda o disco", "acho que poderia ser melhor", etc... Entretanto, faltou consciência de algumas pessoas para notar o objetivo das tiras, algo essencialmente pessoal, sem fins lucrativos e dar prazer ao autor.

Creio que o Sérgio não está ofendendo ninguém, então realmente não tem porque certas pessoas serem tão cretinas em dados comentários.

E além disso, você comentou que "quem retrucou não soube argumentar", entretanto não vi argumentos em sua resposta do meu último post.

Eder Appel

Anônimo disse...

Seu blog é demais!!! As tirinhas são divertidas e passam uma mensagem! Também sou desenhista (formada em artes plásticas) e também sou vegetariana! Acho que faltam iniciativas deste tipo!!!
Abraço!! E continue fazendo arte de qualidade!

:D

Ana

Alisson Müller disse...

43 \o/

Alisson Müller disse...

ah nao, a Ana posto na mesma hora que eu... então era 44.. 45 então \o/

Anônimo disse...

(anônimo10/set):
acho que a ellen ali em cima sintetizou basicamente o meu propósito quando comentei aqui. o propósito da tira é ser auto-suficiente. se o artista quer mudar ou não, isso parte dele. a nós cabe entender, ou, melhor dizendo, interpretar a tira de acordo com a bagagem cultural própria.

e, pessoal, vamos parar de utilizar em demasia essa expressão "crítica construtiva". nenhuma crítica é construtiva, ela só se torna formadora de caráter a partir do momento que a pessoa criticada a aceita como tal. um simples 'you stink' pode se tornar muito mais significativo do que um longo discurso, depende dos olhos de quem vê.

'you stink' disse...

Alá..., vi comentários vazios e creio que as arqgumentações sobre oq fede ou cheira razoavelmente bem nas tiras pode ser melhor trabalhado, como as questões sobre o social e protesto que são forçados, seja pela qualidade do roteiro ou arte ficarem aquém de uma expressão que desse uma maior consistência a mensagem, como no caso da tira do Advogado que era o vulgo "cthulhu" é de matar o bom senso.
Ah que engraçado..., advogado é du mal..., que criativo, que bem colocado, que cutucada, se nada mais é do que a qualidade ficou aquém de algo bom e a mensagem ficou manca, como em outras tiras, que não cabe dizer, pois esta é uma das piores.
Pedido me melhora, além de ser sarcástico, foi uma cutucada, de ver a reação do autor frente a essa situação, até de piadas batidas, sempre na guerra da dos vegetarianos e carnivoros..., sempre colocando um lado na questão que é fácil ver por foruns e outros lugares sobre o vegetarianismo.
Essa tira foi melhor, pelo diálogo do autor com seus algozes (seria o autor Cristo), então abre-se um recurso que falta nas muitas tiras do autor..., o contraponto para graça do último quadro, onde há sacada para sarcasrmos e reflexões sobre as merdas humanas (com perdão da palavra)!
Mas é isso, inté!

Luiz Gustavo disse...

Eu acho que a pessoa aqui de cima não entendeu realmente a tira sobre Cthulhu...

... disse...

Hahahahahahaha, boa do Cthulhu..., só pessoas dotadas sentem a sacada, saquei algo de profético..., que as explicações são tão vazias quanto as críticas que vcs se queixam.

Felipe Gallarza disse...

De fato é muito fácil entrar em ambientes como este para simplesmente vomitar algumas "criticas" afim de desconstruir o trabalho de um artista que esta se expressando. Isso é algo que o ser humano sabe fazer muito bem! Por que será? Acho que ta faltando uma mãe pra lhe faze um carinho na cabeça! Ou será que falta um(a) namorado(a) pra libera um excesso de hormônio acumulado?! Não, deve ser o stress do trabalho cotidiano!

Mais falando como desenhista;
A informação do quadrinho é mastigada? É.
É de uma linguagem simples? É
Pois pra essa sociedade extremamente visual, com a necessidade da informação instantânea pronta para ser consumida, que esta perdendo cada vez mais a cultura da leitura, onde se perde tempo jogando videogame, assistindo novela entre outras atividades que realmente não acrescentam na sua própria vida e se tornando cada vez mais dependente de outras pessoas para trazer coisas e assuntos diferentes que não são convenientes para a industria da informação, acredito que o verde tiras cumpri sua função.
E quem mais esta fazendo?

Mais acho que ninguém deve parar de criticar este trabalha mais façam algo com mais dignidade e com mais conteúdo, para que seja de fato uma discussão a respeito do assunto ou como disse outra pessoa da “semiótica” dos quadrinhos e tal e blá blá blá”

Mais uma coisa acho que os enquadramentos podem de fato dar uma variada maior além do plano Americano e do close!

Abraços para todos que aqui comentam!

... disse...

abraço brother

Anônimo disse...

Agora para vocês verem como vocês também podem estar enganados...
Eu achei essa última tira nem de perto chegando na do Cthulhu...

A anterior, "Trocando Gentilezas" achei também melhor que a de Jesus.

O autor ainda tem o que melhorar? Definitivamente sim, mas tem que ser muito asno pra pensar que uma pessoa que entra aqui só para chingar, vai fazer com que ele melhore.

E mais uma vez não ví argumentação contra minhas mensagens, na verdade, a única foi do anônimo que não acredita em críticas construtivas...
Por isso, repito as palavras de Charles Dickson de COMO fazer uma crítica construtiva... Talvez possa ajudar MUITOS de vocês:

"
1- Faça sua crítica o mais depressa possível;
2- Faça apenas uma reclamação de cada vez;
3- Não repita um argumento depois de apresentá-lo;
4- Faça objeções apenas a ações que a outra pessoa não pode mudar;
5- Faça críticas em forma de sugestões ou perguntas;
6- Evite sarcasmo;
7- Evite palavras como "sempre" e "nunca";
8- Não se desculpe por sua confrontação;
9- Não se esqueça da cortesia. E aí quando você criticar, as pessoas estarão mais aptas as aceitar.



Charles Dickson
"

Anônimo disse...

Ops...
Ass: Eder Appel

Anônimo disse...

Então senhores do saber... façam o favor de dizer o que há de tão oculto na tirinha do Chutinucu... fora o óbvio que todos já sacaram!

Anônimo disse...

Querido autor

Começo esta minha crítica, primeiramente agradecendo-lhe por tão maravilhoso trabalho estar disponível para nós internautas, é realmente muito prazeroso executar o exercício da leitura com o Verdetiras. Obrigado!
Agora queria dar alguns toques que eu achei importante... não que eu ache que as tiras estejam muito ruins... é que apenas eu acho que poderiam melhorar muito. Ó autor.. não achas que deveis criar tiras com menos discurso vazio? Não achais que estais apenas reproduzindo um pensamento que não tem nada a ver com o teu? Já paraste para pensar na infinidade de coisas que as pessoas distorcem e te fazem pensar que o mundo é belo?
Sabes contar alguma piada realmente boa? Acho que poderia melhorar nesses pontos.
Não me desculparei pelas minhas perguntas... pois não seria polido... Muito obrigado pela atenção e semana que vem tem mais!


*Este discurso não possui as palavras "sempre" e "nunca".

Anônimo disse...

Sugestões:

- Certifique-se de que todas as palavras estejam escritas corretamente.
- Tente palavras-chave diferentes.
- Tente palavras-chave mais genéricas.
- Faça Humor de qualidade.

... disse...

Obrigado anônimo.
Creio que nunca tivemos uma discussão tão saldável sobre crítica, opinião e razão do juízo de valor...., mesmo não entendendo nada desses princípios, desculpa, nunca irei me precipitar e sempre lerei verde tiras!
Sem mais delongas, obrigado!

Camila disse...

muitas vezes vivemos essa situação da tira, apreensão... bem bacana a forma como retratou, gostei.

Anônimo disse...

saLdável?

... disse...

sim..., saldável, com muita salitude!

... disse...

hehehehe

Anônimo disse...

Anônimo disse...

dziwki szatana hehe

... disse...

Anônimo disse...

Sugestões:

- Certifique-se de que todas as palavras estejam escritas corretamente.
- Tente palavras-chave diferentes.
- Tente palavras-chave mais genéricas.
- Faça Humor de qualidade.

... disse...

devia seguir as regras!

silence comme réponse. disse...

francamente, poxa!

Wellington disse...

que isso companheiro?
Chico jamais permitiria tamanha censura ao português errado ele legetima a boa e velha ignorância..., lembre-se das velhinhas q ele atentou em metralhar.
Salve Chico!

Wellington disse...

Ansiosu per noiva terinha!

Anônimo disse...

Muito loco teus roteiros meu! Qualidade... isso é qualidade!
Os outros não chegam nem aos pés!
Verdetiras é o Ó do borogodó!
In Verdetiras we trust!!!

Wellington disse...

Vamos refletir sobre a qualidade da tira...
Vida é uma vaca salva do abate, e vive sem chifres, andando nas duas patas e com tetas deformadas. Ela representa a deformação que a sociedade impõe ao meio natural, mostra também que vida estaria muito melhor morta, como pensa Vizi, pois ele enxerga além dessa brutalidade e não compactua com a hipocrisia que Chico sustenta na sua postura vegetariana.
Pasta por sua vez é um protótipo de pato, ou ave, ele atua como uma consciência que paira sobre a barbárie ao mundo animal e não toma partido nem da pretensa bondade dos homens e nem do consumo desnaturado de gêneros animais.
Chico, com sua cabeça de cone deve ter tido uma doença congênita que o impossibilita comer carne e seus derivados, tendo de algum modo escondido isso e passado a defender animais, pois sente ódio por não poder comer carne, então Vida e Pasta são objetos de desejo de Chico.
Já Vizi é uma crítica a pensamento de hippies que buscaram nos anos 60 uma postura de mudança frente às crescentes mudanças do mundo que globalizava, gerando barbárie desenfreada pelo consumo e evolução dos sistemas de exploração, pregando amor e engajamento em temas sociais, políticos e ambientais. Essa crítica tenta nos mostrar que esse movimento antes de lutar por um mundo menos sórdido e infeliz, fez com que muitos se tornassem parte do sistema só que com uma roupagem fraterna.
Estariam os vegetarianos nesse mesmo caminho, é a pergunta que a tira solta...
Brilhante!

Anônimo disse...

(anônimo10/set):
hora de virar o disco.

... disse...

podes crer

Anônimo disse...

e as tiras continuam pessimas!

como nao vejo salvaçao para visao estreita do autor/amigosquedaoopiniao (falo somente da opiniao vazia dos amigos do autor mesmo), vou para de perde meu tempo mesmo.
falta humor! e muito!
talvez o autor devesse tentar tiras para livros educativos..

rafael marchi disse...

que cara mais idiota esse ultimo aí.
por isso que não assina.

abraço sérgio!

Anônimo disse...

Jesus é filho do Deus que criou o mundo. Jesus comia carne. Se todos resolvessem ser vegetarianos o mundo se acabaria em desequilíbrio! Até os animais comem carne e de maneira muito mais cruel muitas vezes. Qual o sentido disso?

Ariadne Senna disse...

Bom, meu comentário vai ficar aqui meio perdidinho em meio aos outros 74 comments! o.O (rs)

Mas é que eu achei essa sua tirinha sobre "Imagina se Jesus fosse vegetariano?" muuito boa! E me recordou uma coisa...

Incrível como essa coisa de Vegetarianismo é polêmica! Eu tenho um blog que não é atualizado com muita frequencia, mas de vez em quando eu apareço por lá e divulgo para os meus amigos...

Eu sei que muitos deles lêem meus posts, mas só existe um único comentário no blog inteiro e foi justamente no único post que fazia alguma referência ao vegetarianismo! (rs) Se quiser dar uma olhada, aí vai o link:

http://palavrasnoticiadas.blogspot.com/2009/06/sapude.html

Mas é no mínimo curioso! Não importa o quanto as outras coisas abordadas no blog são polêmicas ou dignas de discussão... Foi justamente este post que ofendeu mais!

Enfim... Coisas que nós, vegetarianos, já estamos aoctumados a enfrentar!

Parabéns pelo blog! (again!)

Abraço!

Ariadne
http://555lifeline.spaces.live.com/